__Foto Hegel” Ao lado da família, a corporação constitui a segunda raiz moral do Estado, a que está implantada na sociedade civil. Contém a primeira os elementos de particularidade subjetiva e de universalidade objetiva numa unidade substancial; a segunda, une interiormente esses momentos que tinham começado por ser divididos, na sociedade civil, em particularidades, refletidas sobre si, de carência e de prazer, e em universalidade jurídica abstrata. Assim,nesta união, o bem estar se realiza e e´, ao mesmo tempo, reconhecido como direito”.

Fonte:

HEGEL, G.W.F. Princípios de Filosofia do Direito.Tradução de Orlando Vitorino a partir das versões francesa de André Kaan e italiana de Giuseppe Maggiore. Sao Paulo: Martins Fontes, 1997. Título original: Grundlinien der  Phislophie Der Rechts. p.214,215.

> O belo desenho do rosto de HEGEL está na capa do Livro, composta por Katia Harimi Terasaka.

> A Obra está indicada na seção RECOMENDANDO PUBLICAÇÕES. Veja la´!