>Com a autorização do Professor SANDRO SELL, estou transcrevendo aqui a bela Mensagem que publicou em seu Face Book às 17:04 h de ontem, quinta feira, 23/03/16, assim:

“Não sou religioso, mas tenho profunda admiração por Jesus. Também não me interessa se ele ressuscitou ou se seu corpo virou pó como o meu e o seu virarão um dia.

Como ensinou Joseph Campbell, é um erro exigir provas científicas de mitos e um desperdício não aprender com eles.

Para os meus filhos eu interpreto a ressurreição assim: havia há muito tempo um homem bom, que tinha ideias boas e pregava a paz, no que era muito ouvido.

Pessoas violentas sentiram-se muito incomodadas com isso. Pois se aquele homem, simples e pobre, podia ser bondoso e influenciar pessoas, então não havia desculpa para não seguir seus exemplos. Então mataram o homem, mas, tão forte era sua mensagem, que em apenas três dias ela estava de volta, incomodando muita gente.

Alguns disseram que não só as ideias tinham voltado do sepulcro, mas o próprio homem – coisa já discutível.

O que não é discutível é que boas ideias podem ser escondidas, presas, chicoteadas, postas em cruz, usadas por hipócritas, mas são imortais.

Então, crianças, se têm boas ideias façam como aquele homem: semeiem.

Assim, você sobreviverá à própria morte do corpo, ao fim dos chocolates ou de tudo que é bom, mas não eterno.

Feliz Páscoa.”