SLOW MEDICINE: O QUE É?

maio 16, 2021 Cesar Luiz Pasold Informações 0 comentários

FOTO CAPA SLOW MEDICINEO Médico Italiano Prof. Dr. Marco BOBBIO  é Secretário Geral do Slow Medicine. Foi pesquisador nos Estados Unidos, cardiologista responsável por transplantes cardíacos em Turim e Diretor de Cardiologia do Hospital Santa Croce e Carle, em Cuneo, Itália. É o autor da interessantíssima obra:

BOBBIO, Marco.  MEDICINA DEMAIS: o uso excessivo pode ser nocivo à saúde. Barueri/Sp: Manole, 2020.

Nela, em dado momento, Marco BOBBIO explica:

“O movimento Slow Medicine, fundado na Italia em 2011, tem por objetivo conter os efeitos da corrida à hiperprescrição, criando uma aliança entre médicos, enfermeiros, cidadãos e pacientes.

No logotipo da Slow Medicine, inspirado naquele da Slow Food, aparecem dois caracóis que conversam sobre tratamentos sóbrios, respeitosos e justos. É o símbolo da aliança entre profissionais, pacientes e cidadãos para conciliar um tratamento apropriado e que leve em consideração os valores e as expectativas do doente.

A medicina slow respeita os tempos da saúde e da doença, do conhecimento recíproco , da aceitação de  um diagnóstico, da estabilidade clínica de prestar assistência , da morte natural; valoriza a relação de cuidados ao tornar ativos e cooperativos os profissionais da saúde e os pacientes; pesquisa um equilíbrio entre a intervenção e a espera vigilante da evolução natural de uma doença; respeita os valores, as necessidades, as propriedades e as expectativas dos pacientes; evita o desperdício de recursos econômicos com procedimentos supérfluos ou excessivos; aconselha a adoção de estilos de vida sóbrios para preservar e cultivar o patrimônio saúde; enfrenta o problema da incerteza, mas sem ceder ao ceticismo, envolvendo o paciente no processo de escolha para então acompanha-lo no percurso de tratamento, quando a medicina não dispõe de respostas unívocas; adota os resultados das pesquisas científicas, mas sem aceitar as novidades antes que o tempo e os controles adequados consolidem as indicações.

Trata-se de um movimento para contrastar o paradigma prevalecente insatisfatório, mais condicionado ao mercado e à tecnologia, e que deseja colocar o paciente de volta , com suas reais necessidades, ao centro dessa extraordinária oportunidade que é o encontro entre um médico e um paciente.” (p.158-159).

Esse Livro merece leitura reflexiva!

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Este Blog sucede ao www.advocaciapasold.com.br que foi visitado 109983.

Esta página já foi visitada 1706229 vezes.

Site disponibilizado pela primeira vez em 18 de novembro de 2015.
Última atualização em 17 de Junho de 2021.
Responsável Técnico: Leonardo Latrônico Prates
Responsável Geral: Prof. Dr. Cesar Luiz Pasold